Notícia

Mais segurança para ciclistas em Sorocaba

Um grupo de ciclistas mobilizou adeptos da modalidade a pedalarem pelas ruas de Sorocaba (SP) vestidos com fantasias de super-heróis no começo da noite desta sexta-feira (17). Segundo Luciano Frontelle, um dos organizadores da ação, o objetivo do rolezinho é mostrar os desafios enfrentados por quem usa a bicicleta como meio de transporte. -Temos que transpor as dificuldades, principalmente no trânsito. Quem consegue superar estes desafios é um herói- diz o jovem.
Outro problema enfrentado pelos ciclistas na cidade é o roubo de bicicletas, comenta Luciano. -Eu mesmo já tive minha bicicleta roubada. A ação serve também para lembrar as autoridades a reforçar rondas em ciclovias para que isso seja evitado- diz.

Recentemente, um menino de 8 anos teve a bicicleta roubada em um parque da cidade, por um adolescente. Já no começo do ano, um grupo de amigos foi vítima de assaltantes na avenida Dom Aguirre quando voltavam de um passeio pela zona rural de Sorocaba. Dois homens abordaram os ciclistas bem perto da Delegacia de Investigações Gerais (DIG). A mulher foi derrubada e o homem, que reagiu, apanhou dos criminosos.

Em fevereiro, uma mulher foi atropelada quando passava por uma estrada rural na zona leste da cidade. Com o impacto, ela fraturou o ombro e quatro costelas. Ela acredita que o motorista tentou derrubá-la para roubar a bicicleta que não foi levada porque ficou destruída.

Em entrevista ao G1, Luciano conta que cerca de 17 pessoas aderiram ao rolezinho dos super-heróis e saíram nas ruas com as fantasias. -Mobilizamos todos pela internet. Algo interessante é que por trás das máscaras temos empresários, estudantes e pessoas de todas as classes.Tudo que nós queremos é poder conviver de forma harmoniosa com os motoristas- conta.

O organizador diz que muito já foi feito pensando no bem-estar do ciclista, mas ainda existem pontos a serem melhorados e criados. -A conscientização a respeito de que a rua também é um espaço para bikes é uma das essenciais. Mas, enquanto essa consciência não chega, precisamos de mais sinalização, ciclovias, ciclofaixas, uma integração com os ônibus mais eficaz e algo que existe em muitos lugares e é bem prático, conhecido como hacks em ônibus –suportes que permitem encaixar a bicicleta- sugere Luciano.

Em meio a pedaladas, capas e máscaras, a intervenção bem-humorada foi bem recebida por motoristas
COMPARTILHAR
Trabalhe conosco Entre em contato
aceitamos cartão BNDES
Av. Antônio Lacerda, 955 - Lote P - Dist Industrial | Pilar do Sul - SP Fale Conosco | contato@grupocoesa.com.br Acesso à administração do site Acesso à administração do site