Notícia

Acordo obriga ALL a criar passarelas em trilhos de São Carlos

A ALL (América Latina Logística) firmou um acordo com o Ministério Público Federal em que se compromete a construir cinco passarelas em nível para pedestres e outras melhorias de segurança na linha férrea entre São Carlos (232 km de São Paulo) e Ibaté (247 km de São Paulo).

Em até 15 dias a ALL terá de fechar as passagens clandestinas. Como a Folha de S.Paulo publicou em abril deste ano, cercas foram colocadas próximas aos trilhos pela ALL dividindo bairros, o que levou alguns pedestres a cortar os alambrados para atravessar o trecho.

Se descumprir o TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), a ALL deverá pagar multa diária de R$ 1.000.

Até que todas as medidas de segurança sejam implantadas, o acordo restringe que a velocidade máxima dos trens seja de 35 km/h. Caso a velocidade se exceda, a ALL pagará também multa de R$ 50 mil por locomotiva ou composição que descumprir o limite.

O TAC foi firmado no último dia 23 em São Carlos. Entre os pontos a serem cumpridos pela empresa, está a de construir as passarelas e também sinalizar corretamente as passagens térreas, que cruzam os trilhos, para carros e caminhões.

A ALL ainda deverá trocar dormentes e barras de trilhos desgastados, criar um programa educativo para orientar os moradores do entorno dos trilhos sobre os perigos da travessia imprudente e participar de projetos sociais da cidade.

Fonte:A Cidade
COMPARTILHAR
Trabalhe conosco Entre em contato
aceitamos cartão BNDES
Av. Antônio Lacerda, 955 - Lote P - Dist Industrial | Pilar do Sul - SP Fale Conosco | contato@spil.com.br Acesso à administração do site Acesso à administração do site