Notícia

Ciclovia vira rota de fuga para motociclistas em São Paulo

Inaugurada no sábado (23) onde havia antes uma motofaixa, a ciclovia da rua Vergueiro, que vai do centro à Vila Mariana (zona sul), continua sendo um corredor de motos, pondo em risco os novos frequentadores, os ciclistas.

A via de 4,4 km dedicada exclusivamente aos ciclistas é usada por motociclistas para fugirem, irregularmente, do trânsito engarrafado.

Na manhã desta segunda (25), a Folha flagrou, em 20 minutos, 17 invasões da faixa por motos -algumas em alta velocidade- num trecho de 200 m perto da estação Ana Rosa, onde a rua estava congestionada. No mesmo período, passaram sete ciclistas.
Em alguns casos, as motos dividiam o espaço com as bikes fazendo ultrapassagens perigosas dentro da ciclovia.

Motociclistas invadiam o espaço mesmo na presença de agentes da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego). Ao menos cinco desobedeceram o pedido do marronzinho e continuaram a trafegar livremente pela pista.

-Até o pessoal entender que não pode passar mais de moto ali vai um tempo. Mas eles vão ter que se conscientizar porque logo vamos começar a multar. A infração é gravíssima- disse um agente, que preferiu não se identificar.

Por ora, os agentes tentam informar os motociclistas. Segundo a prefeitura, ainda não há prazo para o início das autuações. -É preciso ter respeito. Agora quem pode andar aqui somos nós- afirmou o ciclista Severino Henrique, 50.

A desativação da última motofaixa da cidade provocou críticas -a da Sumaré já havia sido extinta.

O Sindimoto (sindicato dos motoboys) fará nesta terça (26) um protesto contra o fim das motofaixas e bolsões de estacionamento para construção de ciclofaixas.

A manifestação de motociclistas deve sair às 14h30 da sede da entidade, no Brooklin, indo até a prefeitura. O trânsito pode ser afetado, mas o trajeto não foi divulgado.

ILUMINAÇÃO

A prefeitura pretende ainda criar, nos próximos meses, uma iluminação específica para as ciclovias. Segundo o prefeito Fernando Haddad, a ideia é trazer mais segurança no período noturno.

O pedido para instalar as luminárias já foi feito à Secretaria de Serviços, mas ainda não há prazo para execução.

-Houve uma determinação minha para colocar iluminação em toda a malha cicloviária. Poucas cidades iluminam as ciclovias. Queremos mais segurança, pois não há a cultura de respeito de pedestres e ciclistas- disse o prefeito.
O projeto terá os moldes das luminárias voltadas para as calçadas, que começaram a ser instaladas neste ano.

Fonte:BoaInfor
COMPARTILHAR
Trabalhe conosco Entre em contato
aceitamos cartão BNDES
Av. Antônio Lacerda, 955 - Lote P - Dist Industrial | Pilar do Sul - SP Fale Conosco | contato@spil.com.br Acesso à administração do site Acesso à administração do site