Notícia

Novo lote com mais de 70 novos abrigos começa a ser instalado em Aracaju

Desenvolvimento da mobilidade urbana e compromisso com a população usuária do transporte público são as bases do trabalho da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), órgão vinculado à Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania. Pautada nisso, um novo lote com mais de 70 novos abrigos começa a ser instalado na capital.

Desses 70, cerca de 20 novos abrigos dos pontos de ônibus já foram instalados nas últimas semanas, beneficiando diversos bairros de Aracaju. Porto D’Antas, Santo Antônio, São Conrado, Palestina, Getúlio Vargas, Siqueira Campos, Centro e Farolândia foram os bairros que receberam os novos abrigos.

Entre a população, a opinião é unânime: os novos abrigos dão melhores condições de espera ao usuário. É o que o pedreiro, Wilson dos Santos, disse. “Esses abrigos são melhores do que os de antes. Eles têm uma cobertura adequada e abrigam muito mais. São ótimos”, disse.

Quem concorda é o caixa de frente, João Rodrigues. Para ele, tanto em dias de sol quanto em dias de chuva, os novos abrigos proporcionam conforto às pessoas que estão esperando um ônibus. “Eu acho o abrigo bom. Melhor do que os que tinham antes. E abrigam as pessoas, principalmente nesses dias de chuva”, falou.

Primeiros abrigos

Os primeiros novos abrigos de pontos de ônibus começaram a ser instalados no mês de fevereiro, durante as comemorações do aniversário de Aracaju, em março. A apresentação do modelo aconteceu na avenida Otoniel Dórea, na região dos Mercados Centrais, onde o modelo de abrigo conjugado foi instalado pensando na adaptação das pessoas que utilizam ônibus no Centro da cidade.

De lá para cá, 82 abrigos foram instalados em 50 locais, entre eles: avenida Anísio Azevedo, Barão de Maruim, Ivo do Prado, Beira-Mar e Francisco Porto, escolhidos mediante estudos de fluxo de passageiros e estado de conservação dos abrigos existentes. O material utilizado protege a pessoa da chuva e do sol, dando conforto térmico pela cobertura de composto misto que possui.

Depredação

Infelizmente, diversos abrigos recém-instalados já sofreram algum tipo de depredação e vandalismo, principalmente na avenida Beira-Mar. O artigo 163 do Código Penal Brasileiro prevê pena ou multa para crime de dano de destruição, inutilização ou deteriorização de coisa alheia; danos qualificados como sendo “contra o patrimônio da União, Estado, Município, empresa concessionária de serviços públicos ou sociedade de economia mista”.

O superintendente da SMTT, N
COMPARTILHAR
Trabalhe conosco Entre em contato
aceitamos cartão BNDES
Av. Antônio Lacerda, 955 - Lote P - Dist Industrial | Pilar do Sul - SP Fale Conosco | contato@spil.com.br Acesso à administração do site Acesso à administração do site