Notícia

Propaganda externa voltará de vez em SP, opina Central de Outdoor

Esta semana a Câmara Municipal de São Paulo aprovou o projeto que prevê o retorno da mídia exterior na cidade, depois de quatro anos e meio de proibição imposta pela própria Prefeitura.

De acordo com o texto aprovado, as regras para exploração de publicidade serão definidas no edital de licitação. A lei prevê exploração em 43 mil locais da cidade.

A pressão para o retorno da atividade à maior cidade da América Latina já acontecia há algum tempo tanto por parte de anunciantes, como de agências e profissionais de publicidade. A Prefeitura, por sua vez, havia dado sinais anteriores de flexibilização quando autorizou o uso de telas em edifícios em processo de reforma e, mais recentemente, com a possibilidade de grafites assinados serem utilizados em prédios. Para a Central de Outdoor, a nova lei deve acelerar o processo do retorno da atividade, ainda mais com a chegada de eventos internacionais de porte como Copa do Mundo e Olimpíadas.

“A sensação que o mercado traduz hoje com essa atitude da Prefeitura de São Paulo é que o Poder Público finalmente compreendeu a necessidade de fazer a atividade de mídia exterior retornar à capital e que não poderia mais deixar de atender essa demanda que vinha sendo represada artificialmente por meio da Lei Cidade Limpa”, diz a entidade, em nota. “A ampliação da atividade de mídia exterior deverá ocorrer também, com o tempo, para as inserções em espaços particulares, pois os anunciantes estão ávidos por divulgarem seus produtos e essa mídia continua sendo imprescindível para qualquer município.”

Para Luiz Valente, presidente da Central de Outdoor, “o retorno da mídia exterior à cidade é a prova mais concreta do reconhecimento de que essa é uma atividade essencial, que pode ser perfeitamente vinculada a qualquer centro urbano, sendo fiscalizada efetivamente para uma convivência harmoniosa com o meio”.

“Mais do que um papel fundamental para a ativação da economia dos municípios, a mídia exterior faz parte da construção urbana de uma cidade como elemento fundamental de comunicação que pode ser usado de forma eficaz tanto pelas empresas privadas como pelo poder público. Com a aprovação da lei do retorno, o mercado deve responder fervorosamente às oportunidades que serão oferecidas”, diz.

Fonte: AdNews
COMPARTILHAR
Trabalhe conosco Entre em contato
aceitamos cartão BNDES
Av. Antônio Lacerda, 955 - Lote P - Dist Industrial | Pilar do Sul - SP Fale Conosco | contato@spil.com.br Acesso à administração do site Acesso à administração do site