Notícia

Rondas com bicicletas serão retomadas

Depois do protesto pedindo mais segurança nas ciclovias de Sorocaba, o prefeito Antonio Carlos Pannunzio determinou a volta da ronda feita com bicicletas pela Guarda Civil Municipal (GCM), instalação de câmeras de videomonitoramento em pontos estratégicos e reparos ao longo do percurso. As ações foram anunciadas durante reunião com uma comissão composta por seis ciclistas, realizada ontem pela manhã, no Paço Municipal, um dia depois da manifestação que reuniu cerca de 200 pessoas na avenida Dom Aguirre.

O retorno das rondas com bicicleta deve começar hoje, com as três equipes, nos períodos da tarde e noite, principalmente na avenida Dom Aguirre. A ordem partiu do prefeito, no entanto, o comandante da GCM, Benedito Zanin alerta que não há efetivo suficiente para as rondas nas ciclovias e parques abertos da cidade, ou seja, alguns pontos vão ficar prejudicados.

A previsão é manter esse efetivo na malha cicloviária até que as câmeras de segurança sejam instaladas, o que deve levar mais de um mês, até que o contrato seja aditado, os equipamentos comprados e instalados. -Eu determinei ao secretário da Administração [Roberto Juliano] que chame a empresa do sistema de videomonitoramento para colocar câmeras ao longo das ciclovias- afirmou o prefeito durante a reunião.

Ainda não está definido quantas unidades serão integradas ao sistema, o que dependerá de estudo e limite da possibilidade de aditamento do contrato. As imagens serão monitoradas pela equipe do Centro de Operações e Inteligência (COI) da guarda, que poderá acionar imediatamente o efetivo em patrulha para fazer os flagrantes. Atualmente, Sorocaba conta com 115 quilômetros de malha cicloviária.

Os ciclistas questionaram se haverá aumento de efetivo da GCM. Zanin lembrou que serão contratados 40 novos guardas, que começam o treinamento em março e iniciam as atividades na rua em setembro. Destes, alguns vão repor profissionais que estão se aposentando, se desligando da corporação por outros concursos, e entre seis a oito devem somar-se à equipe de rondas com bicicleta para os parques e ciclovias.

Pannunzio também informou que vai pedir uma reunião com o delegado seccional de Sorocaba, Marcelo Carriel, e com o comando da Polícia Militar para cobrar possíveis medidas a serem tomadas pela polícia. -Percebemos que já começou a se formar um comércio de peças e componentes mais baratos, mas nós sozinhos não podemos investigar. Precisamos do apoio das polícias Militar e Civil- diz o prefeito.
COMPARTILHAR
Trabalhe conosco Entre em contato
aceitamos cartão BNDES
Av. Antônio Lacerda, 955 - Lote P - Dist Industrial | Pilar do Sul - SP Fale Conosco | contato@grupocoesa.com.br Acesso à administração do site Acesso à administração do site